to content

Aljustrel

geral@mun-aljustrel.pt (+351) 284-600-070
redes sociais redes sociais redes sociais
Notícias
Pesquisar Notícias
calendario
Loading...
27 julho, 2021 Estabelecida parceria com Ordem dos Psicólogos para fomentar o bem-estar e a literacia em saúde mental
O Município de Aljustrel estabeleceu uma parceria com a Ordem dos Psicólogos, nomeadamente através da Delegação Regional do Sul, com o objetivo de implementar medidas que possam fomentar a literacia em saúde mental e edificar redes de contacto, tendo em vista o bem-estar das comunidades do concelho.
 
O objetivo é aproximar os cidadãos e informar e sensibilizar para diversas temáticas, nomeadamente abordando temas da psicologia e aplicando-a em situações que possam ocorrer no dia-a-dia.
 
Pretende-se ainda com esta parceria, nomeadamente através do Programa Regional de Promoção da Literacia em Saúde Mental, proporcionar o reforço e a promoção de adoção de hábitos e estilos de vida saudáveis.
 
Esta cooperação foca-se também na desconstrução de mitos e estereótipos, favorecendo a procura de ajuda e o recurso aos serviços de saúde psicológica sempre que necessário.
 
Entende ainda o Município de Aljustrel que é seu dever contribuir, dentro das suas possibilidades e competências, para “a saúde psicológica e para o bem-estar das populações”, uma vez que são fatores essenciais para a qualidade de vida e para a coesão social.
 
Com esta parceria, entre outras atividades de promoção que serão realizadas posteriormente, irão ser disponibilizados, a partir desta semana, nas redes sociais do Município de Aljustrel, bem como em outros meios ao dispor da câmara municipal, diversos conteúdos alusivos à temática.
Saúde
02 julho, 2021 Feira do Campo Alentejano cancelada para ser celebrada em segurança em 2022
O Município de Aljustrel decidiu, após análise à situação atual, no que diz respeito à Covid-19 em Portugal, cancelar a XX edição da Feira do Campo Alentejano, que se encontrava agendada para o primeiro fim de semana de setembro, e que, este ano, englobava também o Festicante.
 
Entende esta autarquia que, apesar da nova data estabelecida, não se encontram, infelizmente, reunidas as melhores condições para a realização de um evento do género. Até porque um certame desta grandeza exige uma preparação antecipada, que envolve o esforço de muitos trabalhadores e a abertura de procedimentos de contratação pública. Situação, esta, que a câmara municipal também pretende acautelar, tendo em conta o cenário epidemiológico verificado no País, e os princípios de uma gestão autárquica rigorosa.
 
A Feira do Campo Alentejano caracteriza-se por ser um espaço de encontro, de partilha, de convívio e de festa e que assenta num modelo próprio. Reformular toda a edificação do certame, de modo a que pudessem ser cumpridas todas as regras das autoridades de saúde, no entender deste município, seria também estar a fazer algo que não respeitaria a identidade deste evento, optando-se, assim, pelo seu adiamento para 2022.
 
É intenção da Câmara de Aljustrel devolver, sim, esta iniciativa aos munícipes, aos inúmeros visitantes e aos diversos amigos do concelho, mas com todas as valências que a compõem, nomeadamente com o Espaço das Tasquinhas, com o Palco 1 e o Palco 2, com o Espaço Jovem, entre tantas outras. Até porque esta é uma feira que, desde a sua génese, tem vindo sempre a crescer e a oferecer mais atividades a quem a procura.
 
Por todos estes motivos, a Câmara de Aljustrel apela à melhor compreensão de todos e espera que em 2022 possa ser possível celebrar a Feira do Campo Alentejano condignamente e em segurança.
Município
29 junho, 2021 Convento de Messejana vai ser requalificado e transformado em unidade hoteleira
O Município de Aljustrel informa que já foi entregue, nos serviços camarários, por parte de um promotor privado, o pedido de licenciamento do projeto de arquitetura para reabilitação/conservação do Convento de Nossa Senhora da Piedade, da Ordem de São Francisco, em Messejana, com o intuito que o mesmo possa ser recuperado e adaptado para um empreendimento turístico em espaço rural.
 
O investimento apresentado rondará os 2 milhões de euros e esta intervenção visa contribuir para a conservação da ruína do convento franciscano de Nossa Senhora da Piedade, respeitando a sua identidade e sem descaracterizar o conjunto edificado.
 
Recorde-se que este é um processo que tem vindo a ser acompanhado pelo Município de Aljustrel, nomeadamente nos últimos dois anos, e o objetivo é que este importante património, do ponto de vista arquitetónico e histórico, seja salvaguardado, mas potenciando-se todas as suas mais-valias, atraindo-se para Messejana, para o Concelho de Aljustrel e para a região mais um projeto de investimento.
 
Destina-se, por isso, esta intervenção à instalação de um empreendimento turístico em espaço rural, nomeadamente na categoria de Hotel Rural, sendo que na proposta apresentada os volumes não excedem os dois pisos acima da cota de soleira.
 
No total prevê-se que o convento disponibilize sete unidades de alojamento, que serão complementadas por mais três unidades previstas para o Monte da Horta do Cabo (Messejana), que se encontra em apreciação no pedido de licenciamento apresentado ao Município de Aljustrel. Desta forma, este hotel deverá disponibilizar 10 unidades de alojamento.
 
Após a aprovação do Licenciamento do Projeto de Arquitetura, mas antes do início do Projeto de Execução, está prevista a realização de uma primeira campanha arqueológica.
 
Posteriormente, antes do início da obra e se necessário no decurso da mesma, será realizada uma segunda campanha arqueológica, de escavação, nos locais que venham a ser considerados oportunos, previamente identificados por uma equipa técnica especializada. Dos trabalhos arqueológicos a realizar no local espera-se que venham a ser reveladas mais informações que nos permitam clarificar em maior rigor a organização espacial do convento e a sua evolução construtiva.
Turismo
24 junho, 2021 "Verão Cultural” leva espetáculos a todas as freguesias do concelho
O Município de Aljustrel está a promover a iniciativa “Verão Cultural”, com o objetivo de levar um conjunto de ações e de espetáculos a todas as freguesias do concelho, nomeadamente nos meses de junho, julho e agosto.
 
Com um programa que assenta na pluralidade de linguagens artísticas, esta iniciativa, que aposta na descentralização e na democratização da cultura para todos, arranca já na próxima sexta-feira, dia 25, com o concerto de Pedro Mestre, no Jardim 25 de Abril. Seguir-se-á o concerto de Virgem Suta, dia 30, no Cine Oriental. Ambos os espetáculos encontram-se enquadrados no Festival BA.
 
A iniciativa “Verão Cultural” será de acesso gratuito e dinamizará vilas e aldeias, mas também espaços e equipamentos municipais, proporcionando momentos de fruição e lazer.
 
Estão, assim, previstos espetáculos de música, de teatro e de stand up comedy. Para além de Pedro Mestre e Virgem Suta, atuarão ainda Paulo Ribeiro, Os Vocalistas, Nova Aurora, Maravilhas do Alentejo, Celina da Piedade e Almofariz, António Caixeiro e Paulo Colaço, Yami Aloelela e Buba Espinho. Subirão ainda ao palco as peças de teatro “Passadeira Vermelha” e “A Grávida”, acontecendo ainda um espetáculo com o humorista Jorge Serafim.
 
O objetivo da Câmara Municipal de Aljustrel é contribuir para a dinamização de todo o território, organizando iniciativas que ajudem também ao desenvolvimento social e económico.
 
Os bilhetes vão ficar disponíveis cinco dias antes das datas dos espetáculos, nomeadamente nas Oficinas de Formação Cultural (para os espetáculos de Aljustrel e demais freguesias) e nas juntas de freguesia de Messejana, São João de Negrilhos e Ervidel (quando aconteçam nestes territórios). Os bilhetes restantes serão disponibilizados uma hora antes, no dia e no local em que os mesmos decorram.
 
Todas as iniciativas vão acontecer tendo por base um plano de contingência para a Covid-19, sendo cumpridas todas as normas em vigor e emanadas pelas autoridades de saúde.
Cultura
21 junho, 2021 “Viva Aljustrel” vai ocupar crianças e jovens durante as férias e inscrições abrem no dia 23

A Câmara de Aljustrel, com o intuito de dar uma resposta às famílias durante o período de pausa letiva, volta a organizar o Programa Municipal de Férias e Tempos Livres para Crianças e Jovens do Concelho.

O “Viva Aljustrel” está, assim, de regresso e todos os agregados familiares interessados nesta resposta ocupacional da autarquia poderão proceder à inscrição a partir da próxima quarta-feira, dia 23.

O preenchimento dos formulários poderá ser feito, deste modo, a partir desta data, no Balcão Único da Câmara Municipal de Aljustrel, entre as 09:00 e as 12:30 horas e entre as 14:00 e as 17:30 horas, de segunda a sexta-feira.

Esta iniciativa é direcionada para as crianças e jovens com idades compreendidas entre os 3 e os 15 anos de idade e deverá de começar no próximo dia 12 de julho, prolongando-se até ao dia 3 de setembro. A resposta contemplará todas as freguesias do concelho.

Recorde-se, no entanto, que devido às restrições impostas para a Covid-19, e de acordo com os regras e Planos de Contingência em vigor, as inscrições encontram-se limitadas ao número de vagas existentes.

De salientar ainda que, uma vez que vão arrancar as obras de ampliação do Centro Escolar Vipasca, nomeadamente no final do presente ano letivo, as atividades em Aljustrel vão decorrer, por decisão da autarquia, na antiga Escola Primária da Avenida e na antiga Escola Primária do Campo Esperança, dividindo-se assim os grupos. Os pontos de acolhimento das crianças e jovens decorrerão, por isso, nestes dois locais, ficando cada antigo estabelecimento de ensino com grupos fixos, que serão definidos logo no arranque da iniciativa.

O programa contará com atividade de artes plásticas, de ambiente, de desporto, de culinária, de meditação, de dança, de magia e de música. Idas à piscina, piqueniques, jogos de água e diversas experiências são outras das propostas.

Educação
back-page
Página Anterior