to content

Aljustrel

geral@mun-aljustrel.pt (+351) 284-600-070
redes sociais redes sociais redes sociais
Notícias
Pesquisar Notícias
calendario
Loading...
21 novembro, 2022 Vin&Cultura está de volta a Ervidel e começa na sexta-feira
Está de regresso a Ervidel, entre os dias 25 e 27, mais uma edição da Vin&Cultura.
 
Este certame, que é considerado um dos mais importantes do concelho, e onde se continuam a preservar as tradições, regressa à freguesia depois de dois anos de interregno.
 
Este evento assenta os seus alicerces na promoção de um dos produtos mais ancestrais deste concelho: o vinho da talha.
 
Com um novo figurino, a Vin&Cultura apresentar-se-á renovada e serão criados e animados novos espaços, ganhando o evento também um novo dia, a sexta-feira, que será direcionada para o público mais jovem.
 
Em destaque estarão as adegas, a música tradicional e popular, uma mostra de artesanato, os produtos regionais, a animação de rua, a gastronomia, entre outros.
As potencialidades de Ervidel e do Concelho de Aljustrel voltam a estar em evidência e as tradições ganham palco. Já no próximo fim de semana todos os caminhos vão dar à Vin&Cultura.
 

 

VIN&CULTURA 2022

 

Sexta, 25 Novembro

15h00 - Memórias Contadas e Cantadas,

             com Cristina Taquelim, Celina da Piedade e Ana Santos

            (Projeto É AGORA! 4G ESDIME)

[Museu Rural de Ervidel]

 

Animação nas Adegas aderentes com Hilário Mata

19h00 – Adega do Varrasquinho

20h30 – Adega do Chaveiro

 

22h30 – Música ao Vivo

           – Dj Red Deep

[Mercado do Povo de Ervidel]

 

Sábado, 26 Novembro

10h30 - Abertura da Feira

 

14h30 – Arruada pela Banda da Sociedade Musical I. R. Aljustrelense 

[Atuação frente aos Espaço dos Saberes e dos Sabores]

 

14h30 - Oficinas dos Doces da Avó

Confeção e prova de doces com grão-de-bico e romã

Cozinheira D. Florência Costa

[Espaço dos Saberes e dos Sabores]

 

15h00 - Abertura Oficial da Feira

[Frente ao Espaço dos Saberes e dos Sabores]

 

15h30 – Grupo Coral “Margens do Roxo “de Ervidel

[Recinto da Feira]

 

16h30 - Oficina dos petiscos do chefe

Confeção de prato, entrada e sobremesa à base de produtos da terra

Cozinheiro Miguel Gameiro

[Espaço dos Saberes e dos Sabores]

 

17:00 - Rota das Adegas

Adega do Varrasquinho

Adega do Raposo

 

Grupo de Música Tradicional Brasa Doirada

Grupo Moços da Talha

[Concentração frente ao Espaço dos Saberes e dos Sabores]

 

17h30 – Grupo Origens

[Adega Coletiva]

 

19h30 - Os Brasa Doirada   

[Adega Coletiva]

 

21h30 – Los Colchoneros 

[Adega Coletiva]

 

23h30 – N.E.I.M. – Coovers Band  

[Adega Coletiva]

 

01h00 - Dj RMG

[Adega Coletiva]

 

Domingo, 27 Novembro

10h30 - Abertura da Feira

 

14h00 – Animação Itinerante do Espaço da Feira “Os Caprichosos”

[Recinto da Feira]

 

14h30 – Oficina “Sabores de Outono”

Confeção e prova de entrada, prato e sobremesa

Chef do Clube de Campo Vila Galé

[Espaço dos Saberes e dos Sabores]

 

15h30 – Grupo Coral “Flores de Primavera “de Ervidel

[Recinto da Feira]

 

16h00 - Rancho Folclórico de Algoz

[Recinto da Feira]

 

16h30- Oficina “Sabores da nossa terra”

Confeção e prato, entrada e sobremesa à base de produtos da terra

  1. Mavilde Torcato

[Espaço dos Saberes e dos Sabores]

 

17:00 - Rota das Adegas

Adega do Lobo (prova no mercado do povo)

Adega do Chaveiro

 

Grupo de Música Popular “Vozes do Sul”

[Concentração frente ao Espaço dos Saberes e dos Sabores]

 

17h30 – Grupo “Moços da Talha” de Ervidel

[Adega Coletiva]

 

18h30 - Grupo Trigo Roxo

[Adega Coletiva]

 

20h00 – Grupo de Música Popular “Vozes do Sul”

[Adega Coletiva]

 

Município
18 novembro, 2022 Centro de Negócios em fase final de construção
O Centro de Negócios de Aljustrel, que está a ser edificado no sítio onde ficava o antigo Matadouro Municipal, entrou na reta final de construção, seguindo a empreitada para a fase de acabamentos.
 
Neste local, para além desta nova infraestrutura que ambiciona atrair mais empresas para o concelho, nascerá ainda uma nova artéria pedonal e rodoviária, que fará a ligação desta zona da vila ao Centro de Saúde e à Escola Secundária.
 
O estado da obra, bem como os trabalhos que se seguirão nesta nova fase, foram dados a conhecer, pela equipa técnica, ao presidente da Câmara Municipal de Aljustrel, Carlos Teles, que visitou esta infraestrutura que em breve será colocada ao serviço do concelho, da região e do país.
 
O Centro de Negócios de Aljustrel, que tem um investimento de mais de 1 milhão de euros, sendo comparticipado pelo programa FEDER, nomeadamente através do Alentejo 2020 – Programa Operacional Regional do Alentejo, vai permitir contribuir para a diversificação do tecido empresarial.
 
Pretende-se ainda estimular o empreendedorismo e atrair novos investimentos, também na área das startups, contribuindo-se para o aumento da competitividade e ajudando-se à fixação de população neste território.
 
Um centro que funcionará como uma incubadora tradicional, destinando-se a todos aqueles que necessitem de um espaço físico para desenvolver o seu negócio, mas também como uma incubadora partilhada, alojando numa só sala diversos postos de trabalho. Mas também como uma incubadora virtual, permitindo a empresas terem a sua sede fiscal e outros serviços associados ao centro.
Economia
25 outubro, 2022 Aljustrel, Grândola e Mértola estabeleceram bases para a cooperação permanente no âmbito do património mineiro e geológico
Os presidentes das câmaras municipais de Aljustrel, Grândola e Mértola reuniram-se, a semana passada, com o objetivo de estabelecer as bases de entendimento para a criação de mecanismos de cooperação permanente no âmbito da valorização do património mineiro e geológico dos respetivos territórios, tendo em vista o desenvolvimento social, cultural e económico dos diferentes concelhos.
 
Esta iniciativa tem igualmente por base a urgência da preservação da cultura e da identidade destes territórios, bem como dar particular visibilidade aos recursos patrimoniais e geológicos, contribuindo para a criação de rotas e de iniciativas de caráter lúdico, pedagógico, cultural e científico.
 
Os territórios mineiros destes três concelhos foram conhecendo sucessivas fases de povoamento e exploração ao longo do tempo. As alterações espaciais provocadas pelas atividades de mineração, à semelhança do que acontece noutros setores industriais, conduzem-nos a uma categorização de paisagem cultural a defender, à luz de uma nova visão sobre a importância da ação do homem nos contextos espaciais e ambientais, com fortes implicações na afirmação sociocultural das comunidades.
 
A simbiose entre património cultural material e imaterial contribui para a formação de uma identidade cultural específica ao tempo e espaço concretos. Estes locais têm potencial para se tornarem atrativos pedagógicos, científicos e turísticos capazes de ter reflexos positivos na sociedade e economias locais, como a criação de emprego e receitas, promovendo, ao mesmo tempo, a minimização da degradação social associada ao encerramento de antigas explorações mineiras.
Município
back-page
Página Anterior