to content

Aljustrel

geral@mun-aljustrel.pt (+351) 284-600-070
redes sociais redes sociais redes sociais
Convento de Messejana vai ser requalificado e transformado em unidade hoteleira
Turismo 29 junho, 2021
noticia
O Município de Aljustrel informa que já foi entregue, nos serviços camarários, por parte de um promotor privado, o pedido de licenciamento do projeto de arquitetura para reabilitação/conservação do Convento de Nossa Senhora da Piedade, da Ordem de São Francisco, em Messejana, com o intuito que o mesmo possa ser recuperado e adaptado para um empreendimento turístico em espaço rural.
 
O investimento apresentado rondará os 2 milhões de euros e esta intervenção visa contribuir para a conservação da ruína do convento franciscano de Nossa Senhora da Piedade, respeitando a sua identidade e sem descaracterizar o conjunto edificado.
 
Recorde-se que este é um processo que tem vindo a ser acompanhado pelo Município de Aljustrel, nomeadamente nos últimos dois anos, e o objetivo é que este importante património, do ponto de vista arquitetónico e histórico, seja salvaguardado, mas potenciando-se todas as suas mais-valias, atraindo-se para Messejana, para o Concelho de Aljustrel e para a região mais um projeto de investimento.
 
Destina-se, por isso, esta intervenção à instalação de um empreendimento turístico em espaço rural, nomeadamente na categoria de Hotel Rural, sendo que na proposta apresentada os volumes não excedem os dois pisos acima da cota de soleira.
 
No total prevê-se que o convento disponibilize sete unidades de alojamento, que serão complementadas por mais três unidades previstas para o Monte da Horta do Cabo (Messejana), que se encontra em apreciação no pedido de licenciamento apresentado ao Município de Aljustrel. Desta forma, este hotel deverá disponibilizar 10 unidades de alojamento.
 
Após a aprovação do Licenciamento do Projeto de Arquitetura, mas antes do início do Projeto de Execução, está prevista a realização de uma primeira campanha arqueológica.
 
Posteriormente, antes do início da obra e se necessário no decurso da mesma, será realizada uma segunda campanha arqueológica, de escavação, nos locais que venham a ser considerados oportunos, previamente identificados por uma equipa técnica especializada. Dos trabalhos arqueológicos a realizar no local espera-se que venham a ser reveladas mais informações que nos permitam clarificar em maior rigor a organização espacial do convento e a sua evolução construtiva.
back-page
Página Anterior