Município de Aljustrel - Terra Viva

Iniciativas

Vídeo Promocional - Aljustrel, Terra VivaGabinete Apoio ao EmigranteAgenda 21Ambiente - Eco AljustrelViniculturaCPCJAJulgado de PazConselho SolidárioPrograma Aljustrel JovemUnidade Móvel de SaúdePatrimónio MineiroJornal Aljustrel Terra VivaGEO_FPIIFRRULinha Verde

Património

30 de janeiro

Ler Artigo

MUMA realiza ateliers para melhor conhecimento do passado

Património

Património

No âmbito do projeto educativo, o Museu Municipal de Aljustrel – MUMA está a realizar, com alunos do pré-escolar e 1.º ciclo, ateliers de confeção de pão romano e de lucernas e ânforas em barro. 

 Durante estes ateliers, os alunos aprendem a confecionar dois tipos de pães romanos: o Pão Sovado de Cato – Panem Depsticium e o Pão Amarelo Romano, e descobrem esta forma peculiar do fabrico de pão romano, desde a apresentação dos ingredientes até ao produto final, ao mesmo tempo, que têm contacto com diferentes tipos de cereais.

 Em fevereiro, irão construir lucernas e ânforas em barro e ser-lhes-á explicado a importância destas duas peças na atividade mineira e no quotidiano romano. Os alunos irão igualmente visitar adegas com vinho de talha, processo de vinificação, desenvolvido pelos romanos. No âmbito deste projeto, os alunos já tiveram, igualmente, oportunidade de participar em atividades, realizadas no Centro Interpretativo do Carregueiro, com o objetivo de aprenderem a reconhecer as ervas aromáticas, ingredientes também muitos utilizados pelos romanos.

 Recorda-se que a ocupação romana em Aljustrel teve início em finais do séc. I a.C., com a instalação de uma guarnição militar que terá dado início à exploração mineira e à construção do povoado, Vipasca.

No Museu de Aljustrel encontra-se um importante espólio relacionado com esta ocupação, nomeadamente duas placas de bronze, com os mais antigos textos legislativos, conhecidos no país, mas também restos de uma oficina metalúrgica onde se processava o tratamento do minério e, ainda ruínas de habitações desta povoação.

 “Conhecer o nosso passado para melhor evoluir no futuro”, foi o propósito que levou o MUMA a promover estas atividades que irão permitir aos jovens compreenderem um pouco mais a sua história.